Juvenis do Brasil estreiam com vitória no Aberto da Austrália

Mateus Pucinelli e Igor Gimenez vencem em dois sets e vão à segunda rodada; João Lucas Reis é eliminado

Estadão Conteúdo

20 Janeiro 2018 | 11h46

Os tenistas juvenis do Brasil estrearam com vitórias neste sábado no Aberto da Austrália. Dois dos três atletas que entraram em quadra venceram seus jogos. Os paulistas Mateus Pucinelli e Igor Gimenez avançaram à segunda rodada, enquanto o pernambucano João Lucas Reis foi eliminado de forma precoce.

+ Marcelo Melo avança e Bruno Soares cai na segunda rodada

Atual 31º do ranking juvenil, Pucinelli teve pela frente o colombiano Nicolas Mejia, cabeça de chave número oito em Melbourne. Mas surpreendeu o favorito e levou a melhor em sets diretos, com parciais de 7/5 e 7/6 (9/7). Na segunda rodada, o tenista de apenas 16 anos vai encarar o local Rinky Hijikata, convidado da organização.

Gimenez, de 17 anos, teve menos dificuldade pela frente, ao enfrentar o "lucky loser" Lodewijk Weststrate, da Holanda. O brasileiro, 46º do ranking, venceu por 7/6 (7/3) e 6/1. Seu próximo adversário será o usbeque Sergey Fomin, que veio do qualifying.

+ Federer e Djokovic avançam às oitavas no Aberto da Austrália; Del Potro cai

João Lucas Reis, por sua vez, caiu logo na estreia. Atual 30º da lista da ITF, o tenista de 17 anos foi derrotado pelo sérvio Marko Miladinovic, que é o cabeça de chave número dois e um dos principais favoritos ao título. Miladinovic venceu por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (9/11) e 6/3.

O Brasil tem ainda mais um representante na chave juvenil. Atual número nove do mundo, o paranaense Thiago Wild, de 17 anos, vai estrear neste domingo, contra o local australiano Dane Sweeny.

Mais conteúdo sobre:
tênis Aberto da Austrália [tênis]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.