Twitter Oficial / CBV
Twitter Oficial / CBV

Seleção feminina vence fácil a China e encara Turquia na semi da Liga das Nações

Tandara marca 19 pontos e Brasil triunfa por 3 sets a 0

Estadão Conteúdo

29 Junho 2018 | 11h46

A seleção brasileira feminina de vôlei foi mais uma vez arrasadora e nesta sexta-feira garantiu a liderança do Grupo A na fase final da Liga das Nações, que acontece em Nanquim, na China. A equipe do técnico José Roberto Guimarães bateu a seleção anfitriã por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 25/22 e 25/22, confirmando vaga na semifinal da competição.

+ Estados Unidos vencem a Sérvia, garantem 1º lugar e vão à semi da Liga das Nações

+ Duplas ganham e Brasil terá força máxima na etapa da Polônia do vôlei de praia

O time nacional não tem nem tempo para comemorar o ótimo resultado e volta à quadra neste sábado, às 4h (de Brasília), para enfrentar a Turquia, que terminou na segunda colocação do Grupo B. A China, que ficou em segundo na chave brasileira, enfrentará os Estados Unidos, no mesmo dia, mas às 8h45.

O Brasil fez dois grandes jogos pela fase final e avançou à semi sem perder sets. Um dia antes, havia batido a Holanda por 3 sets a 0 em jogo que definiu os classificados do Grupo A. Isso porque as chinesas já haviam batido as holandesas na quarta-feira.

A partida desta sexta valia a primeira colocação da chave. E o duelo começou equilibrado, com as equipes se revezando na frente do marcador. As chinesas contavam com o ginásio lotado para pressionar as brasileiras. Mas o time nacional não demonstrava nervosismo. Gabi explorou bem o bloqueio adversário e a equipe abriu 10 a 8. A partir daí, a vantagem só aumentou. Chegou a 17 a 9. Gabi, um dos destaques da equipe, fechou o set em 25 a 20.

O segundo set teve início parelho, semelhante ao anterior. As brasileiras só foram abrir dois pontos de vantagem em 16/14. Gabi fazia um grande jogo e embalou a equipe visitante, que silenciou o ginásio com 25/22.

As chinesas não desistiram do jogo. Tentaram pressionar as brasileiras, mas estava mesmo difícil para as donas da casa. A equipe de Zé Roberto abriu 15 a 11. E não foram muito ameaçadas. A China chegou a diminuir a vantagem para 23 a 22. Foi quando o técnico brasileiro pediu tempo e recolocou suas atletas no rumo certo. Tandara fez o 24º ponto e Gabi fechou em 25 a 22.

Agora, a seleção brasileira vai em busca da segunda vitória sobre a Turquia na competição. Na primeira fase, na segunda semana da Liga das Nações, o time de Zé Roberto venceu por 3 sets a 1 em Ancara, na casa da adversária. A decisão do torneio acontecerá no domingo, às 8h (de Brasília). A disputa pelo terceiro lugar será realizada um pouco antes, às 4h.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.