Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Após cirurgia, Borja publica foto e agradece carinho da torcida do Palmeiras

Atacante deve ficar fora por cerca de seis semanas

Estadao Conteudo

07 Julho 2018 | 12h14

Após passar por cirurgia no menisco do joelho direito na última sexta-feira em São Paulo, o atacante Miguel Borja, do Palmeiras e da seleção colombiana, postou uma foto em uma conta pessoal em uma rede social para agradecer o carinho dos torcedores que o apoiaram e informar que está bem.

+ Conmebol antecipa uso do VAR para as quartas da Libertadores e da Sul-Americana

+ Após vencer amistoso, Palmeiras faz último treino antes da viagem à Costa Rica

+ Roger exalta comportamento do Palmeiras em vitória e elogia estreante

"Graças a Deus e aos médicos, tudo correu bem. Obrigado por tudo, pelas mensagens de apoio! Bênçãos. Deus é bom o tempo todo", escreveu o centroavante do Palmeiras em seu perfil no Instagram.

Borja foi submetido a uma artroscopia no joelho graças a uma lesão sofrida durante um treinamento da seleção da Colômbia às vésperas do duelo das oitavas de final diante da Inglaterra. Na partida, Borja não ficou nem no banco de reservas e os colombianos foram eliminados nas penalidades após o empate por 1 a 1 no tempo regulamentar.

Assim que chegou ao Brasil, Borja foi reavaliado pelo departamento médico do Palmeiras, que decidiu pela cirurgia. O joelho do colombiano já vinha sendo um problema ao longo desta temporada e recebia atenção especial desde fevereiro, quando o centroavante se machucou pela primeira vez, em jogo do Campeonato Paulista.

Borja deve ficar fora dos gramados por pelo menos seis semanas e, assim, desfalcar o Palmeiras em jogos importantes do mata-mata da Copa Libertadores e da Copa do Brasil, além das partidas do Campeonato Brasileiro. Sem o colombiano, o técnico Roger Machado tem como opções para a posição Deyverson, que vem sendo muito criticado, e o jovem Papagaio.

Roger pode, também, adiantar Willian, o que já vinha sendo feito diante da ausência de Borja para a disputa do Mundial da Rússia. A opção tem dado certo, já que o atacante é o artilheiro do time alviverde no Brasileirão, com sete gols.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.