Jose Patricio/Estadão
Jose Patricio/Estadão

Ex-bandeirinha, Fernanda Colombo diz que VAR dá maior legitimidade aos jogos do Mundial

Jogadas interpretativas ainda é algo que causa polêmica durante a utilização do árbitro de vídeo, segundo ela

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

29 Junho 2018 | 11h11

A ex-bandeirinha, Fernanda Colombo, que teve destaque entre 2010 e 2016, aprovou a utilização do VAR na fase de grupos da Copa do Mundo e apontou que a novidade dá maior legitimidade ao Mundial da Rússia. O problema ainda é a questão interpretativa dos árbitros durante os jogos. 

+ Fernanda Colombo lança livro infantil sobre regras do futebol

+ José Roberto Wright desaprova o VAR: 'Do jeito que está, o erro é duplo'

+ Simon se mostra otimista com árbitro de vídeo: 'Erros vão diminuir com o VAR' 

"Achei muito positivo a utilização do VAR, pois foram vários lances revisados e que poderiam ter interferido no resultado final das partidas. A correção trouxe maior legitimidade aos jogos", apontou a ex-assistente.

Colombo acredita que os erros ocorridos na primeira fase são coisas normais para algo que ainda é recente. "Houve erros sim, mas é algo novo, que a Fifa está tentando já algum tempo e ainda estão aprimorando", destacou. 

Lances interpretativos ainda são temas mais complicados para o VAR analisar e é algo que a ex-assistente destaca como um fato a ser melhorado. 

"O maior desafio é encontrar o limite entre o que é um lance claro e o que é interpretativo. Com certeza tiveram dificuldades nisso e muitas vezes não houve intervenção justamente por essa diferença", explicou. "O VAR não precisa interferir em lance interpretativo. O árbitro tem o respaldo da regra para isso e a Fifa deixa claro que eles (árbitros) estão em treinamento constante para sempre evoluir", completou. 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.