Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Matemática do Brasileirão: saiba o que os clubes paulistas precisam fazer nas rodadas finais

Equipes vão precisar melhorar o aproveitamento para conseguirem concretizar os objetivos

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

27 de setembro de 2019 | 11h28

Após a rodada mais movimentada deste Campeonato Brasileiro, com briga no Fluminense, demissões de técnicos e duas goleadas, a competição deixou os times paulistas pressionados para conquistarem seus objetivos. A 17 jogos para o fim do torneio, as equipes do Estado vão precisar melhorar o aproveitamento durante os compromissos finais para não fecharem a temporada de forma frustrante.

O Estado realizou um levantamento sobre as situações de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo na tabela. Além de analisar a pontuação atual, o trabalho consistiu em projetar quantos pontos serão necessários para ser campeão ou terminar no mínimo no G-4 e G-6, condições que garantem vaga na Copa Libertadores ou na fase de grupos ou na etapa preliminar.

A estimativa da pontuação necessária para cada um desses objetivos se baseou na classificação do campeonato ao fim do primeiro turno. Como o líder fechou a primeira metade com 42 pontos, o quarto colocado com 33 e o sexto com 32, o trabalho levou em conta a projeção de que ao fim do Brasileiro cada um desses times pode ter somado no total o dobro dos pontos.  

O segundo colocado, o Palmeiras, tem atualmente 71% de aproveitamento e 45 pontos ganhos. Mas para alcançar o desempenho regular do Flamengo e ser campeão nacional pela 11ª vez, vai precisar melhorar esse rendimento. O time precisaria somar até o fim da competição 39 pontos dos 51 possíveis e ter um aproveitamento de 76% para poder fechar a 38ª rodada com 84 pontos, possível número a ser alcançado pelo time carioca.

Pelo menos na equipe, há otimismo na manutenção do bom momento vivido com as cinco vitórias consecutivas. "Na medida em que os resultados vêm, a confiança vai tendo um incremento bom, os jogadores se sentem mais à vontade. Quando as coisas andam bem, a tendência é a melhora da equipe acompanhar isso", disse o técnico Mano Menezes nesta quinta, após a goleada por 6 a 2 sobre o CSA.  

O Santos vive um declínio, ao não ter vencido os quatro últimos jogos. O time precisaria chegar ao aproveitamento de 90% nos compromissos restantes para conseguir ser campeão, mas pelo menos em termos de G-4 a missão é mais tranquila. "Óbvio que depois de uma sequência de resultados ruins a gente acaba ficando com um sentimento ruim, mas nosso pensamento tem que ser em melhorar e voltar a vencer o mais rápido possível. E lá na frente a gente vê o que vai acontecer", afirmou o volante Alison depois do empate por 1 a 1 com o Fluminense.

Missão Libertadores

Já para Corinthians e São Paulo, as chances de título são pequenas. Os dois times precisariam ter um aproveitamento de pontos superior a 90% nas rodadas finais para conseguirem superar Flamengo e Palmeiras. Os dois rivais paulistas estão com 35 pontos, mas o clube do Parque São Jorge tem um jogo a menos, já que a partida que a Chapecoense foi adiada para a próxima semana.

A equipe do técnico Fábio Carille precisaria apenas manter o aproveitamento atual de 57% para terminar o Brasileiro entre os quatro primeiros colocados. Tal condição garante vaga na direta na fase de grupos da Copa Libertadores. O Corinthians, aliás, viveu nesta semana a frustração de ter sido eliminado na semifinal da Copa Sul-Americana, ao ser superado pelo Independiente Del Valle, do Equador.

O São Paulo vai precisar ser mais regular e melhorar até mesmo para terminar no G-6. A equipe do Morumbi tem aproveitamento de 55% dos pontos e precisaria no mínimo melhorar esse rendimento para 57% para conseguir pelo menos uma vaga na fase prévia da Libertadores do próximo ano. Em crise, o clube teve nesta semana a saída do técnico Cuca e a contratação de Fernando Diniz.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.